Inda: Vendas de aço por distribuidores caem 16,8% em novembro

Valor – SP   16/12/2021

No acumulado do ano, as vendas de aço somaram 3,32 milhões de toneladas, uma estabilidade quando se compara com o volume de 2020

Por Ana Paula Machado, Valor — São Paulo

A demanda por aço no mercado brasileiro segue em ajuste. As vendas de produtos siderúrgicos pelos distribuidores caíram 16,8% em novembro no comparativo com o mesmo período do ano passado. Segundo dados do Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda), foram comercializadas 282,2 mil toneladas ante 339,4 mil toneladas em 2020.

No acumulado do ano, as vendas de aço somaram 3,32 milhões de toneladas, uma estabilidade quando se compara com o volume de 2020.

De acordo com os dados do Inda, as compras de aço realizadas pelos distribuidores chegaram a 283,2 mil toneladas em novembro, queda de 2,9%. No acumulado, as aquisições de produtos siderúrgicos cresceram 11,2% no comparativo com 2020, chegando a 3,48 milhões de toneladas.

Os estoques de aço da rede somaram 827,1 mil toneladas em novembro, uma alta de 31,2%. Esse volume, de acordo com o Inda, equivale a 2,9 meses de vendas no mercado brasileiro. As importações de aços planos, conforme os dados, seguem em alta. Em novembro, as compras no exterior alcançaram 241,5 mil toneladas, um crescimento de 143,2%. Nos 11 meses, foram importadas 1,86 milhão de toneladas, uma evolução de 122,6%.