Distribuidores de aço plano esperam alta de 3% nas vendas em 2022

IstoÉ Online – SP   15/12/2021

O segmento de distribuição de aço plano do país trabalha com a perspectiva de elevar suas vendas em 3% no próximo ano, frente a uma queda esperada para 2021 de entre 1,5% e 2%, informou nesta terça-feira o presidente da entidade que representa os distribuidores, Inda, Carlos Loureiro.

“Achamos este número bem baixo, o país precisaria de um número bem melhor para ter consumo per capita digno de país em desenvolvimento”, afirmou Loureiro em entrevista a jornalistas.

“Esta é uma das contas (da previsão para 2022) mais difíceis que já tivemos que fazer aqui, provavelmente vamos fazer um ajuste no final do primeiro trimestre”, acrescentou.

Em novembro, as vendas dos distribuidores, responsáveis por cerca de um terço do aço consumido no país, caíram 3,8% ante outubro e recuaram 16,8% na comparação com novembro do ano passado, para 282 mil toneladas, segundo dados do Inda.

A expectativa da entidade para dezembro é de que a venda tenha uma queda de 18% frente ao mês anterior.

O estoque de aço plano nos distribuidores terminou novembro com o equivalente a 2,9 meses de comercialização ante uma média histórica de 3,3 meses, afirmou Loureiro.

“A demanda não está forte, a grande maioria dos distribuidores não está querendo fazer estoque alto e se este tipo de sentimento continuar no mercado, vai ser muito difícil que as usinas (siderúrgicas) deem aumento” nos preços de aço ao setor em janeiro, disse o presidente do Inda.