Expectativa para o segmento do aço é uma alta de 10% para janeiro 2021, diz INDA

Portal Fator Brasil – RJ   21/01/2021

De acordo com a divulgação dos dados do segmento pelo Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço(INDA), no dia 19 deaneiro (terça-feira), houve altas em dezembro ante novembro e dezembro de 2019, inclusive, com a participação por videoconferência pelo presidente executivo do Instituto, Carlos Jorge Loureiro.

Compras — As compras do mês de dezembro registraram alta de 14,3% perante a novembro, com volume total de 333,2 mil toneladas contra 291,5 mil. Frente a dezembro do ano passado (291,3 mil toneladas), apresentou alta de 14,4%.

Vendas — As vendas de aços planos em dezembro contabilizaram queda de 15,2% quando comparada a novembro, atingindo o montante de 288 mil toneladas contra 339,4 mil. Sobre o mesmo mês do ano passado, quando foram vendidas 253,2 mil toneladas, registrou alta de 13,8%.

Estoques — Em número absoluto, o estoque de dezembro obteve alta de 7,2% em relação ao mês anterior, atingindo o montante de 675,7 mil toneladas contra 630,4 mil. O giro de estoque fechou em alta com 2,3 meses.

Importações — As importações encerraram o mês de dezembro com queda de 7,1% em relação ao mês anterior, com volume total de 92,2 mil toneladas contra 99,3 mil. Comparando-se ao mesmo mês do ano anterior (53,8 mil toneladas), as importações registraram alta de 71,6%.

Projeções — Para janeiro de 2021, a expectativa da rede associada é de que compra e venda tenham uma alta de 10%.

— Chapas grossas, laminados a quente, laminados a frio, chapas zincadas a quente, chapas eletrogalvanizadas, chapas pré-pintadas e galvalume estão incluídas — concluem..