Gerdau (GGBR4): +8,16%

O Estado de São Paulo 19/08/2020

Continuando o movimento visto na segunda-feira (17), as siderúrgicas tiveram mais um dia de forte alta, impulsionadas com o avanço do minério de ferro na China, que indica aquecimento do setor de siderurgia chinês, além da percepção de que a recuperação da demanda doméstica por aço vai causar um novo aumento de preços na indústria.

Gerdau PN subiu 8,16% (R$ 19,49), seguida de Metalúrgica Gerdau, que avançou 7,06% (R$ 9,85), Usiminas PNA teve valorização de 6,78% (R$ 9,45), e CSN ON, 6,31% (R$ 14,82).

O presidente do Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda), Carlos Loureiro, acredita em uma nova onda de aumento de preços pelas siderúrgicas em outubro.

Segundo ele, depois de um primeiro trimestre bastante conturbado, há agora espaço para as usinas retomarem os preços e melhorarem um pouco a lucratividade. Os aumentos médios ficaram em torno de 10% em agosto, de acordo com Loureiro.